FENATRAL participa da entrega de 66 novos onibus para COOPSTECS em SSA

Veja as fotos:

1/11

Passageiros do Subsistema de Transporte Especial Complementar (STEC) serão beneficiados com 66 novos veículos em substituição aos antigos. O prefeito ACM Neto participou nesta terça-feira (15) da entrega dos novos ônibus aos cooperados, em evento realizado no estacionamento São Raimundo, nos Barris. Na ocasião, Neto anunciou que, até o final do ano, 100% dos veículos serão totalmente substituídos como parte do compromisso com a qualidade do transporte público na cidade. Isso alcança cerca de 300 ônibus do sistema.

 

Os novos veículos terão que ser adaptados para utilização por pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A frota, além de ser mais confortável, conta com ventilação forçada e motores Euro V, que produzem menos poluentes. O STEC é, atualmente, responsável por 10% do total das demandas realizadas pelo transporte público em Salvador, com cerca de 120 mil passageiros/dia, suprindo as áreas periféricas da cidade, como Cajazeiras, Subúrbio e Itapuã.

 

“Isso significa maior qualidade no sistema de transporte para o cidadão. Salvador é uma cidade grande, de ruas, becos e vielas, e, muitas vezes, o ônibus tradicional não consegue chegar a determinados locais. E é aí que entra o transporte complementar, que chega aos locais com maior dificuldade de acesso. Por esse motivo, queremos reforçar ainda mais esse sistema e a prova disso é a entrega desses ônibus zero quilômetro. São veículos adaptados para pessoas com deficiência”, afirmou o prefeito.

Neto explicou ainda que foi o esforço da Prefeitura que viabilizou a aquisição dos novos veículos. “A Prefeitura facilitou para que a cooperativa tivesse, enquanto instituição, condições de tomar o empréstimo na instituição financeira, o que significou juro muito menor na aquisição desses novos veículos. O empréstimo vai ser pago mensalmente por cada cooperado, sem pesar demais no bolso. Com isso, eles poderão fazer seu serviço e pagar o financiamento com seis meses de carência, graças a esse entendimento construído pela Prefeitura.”

 

O presidente da Cooperativa dos Permissionários do Subsistema de Transporte Especial Complementar de Salvador (COOPSTECS), Pedro Miranda, comemorou a novidade. “Isso significa a realização de um sonho, tanto para nós da cooperativa quanto para a população de Cajazeiras, Subúrbio e outras áreas. É um equipamento com mais robustez, economia, segurança e acessibilidade. Se não fosse a Prefeitura, nada disso seria realidade. Agora não vai ter mais aquele problema de voar roda no meio da rua porque os veículos estavam superlotados. Com os veículos novos, a segurança será maior”, observou.